terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Casais de telejornal

Foi-se o tempo em que telejornais eram apresentados por locutores sisudos e de voz grave, como Cid Moreira e Sérgio Chapelin imortalizaram à frente do Jornal Nacional. Duplas de homens tornaram-se raras, assim como rara ficou a presença de simples locutores. Os jornalistas tomaram frente às câmeras e, na maior parte das vezes, em casais. O mais conhecido deles hoje, William Bonner e Fátima Bernardes.

Mas com a saída de Fátima Bernardes (49) da companhia do marido William Bonner (48) para a entrada de Patricia Poeta (35), o Jornal Nacional, principal noticiário da televisão brasileira, para de apostar na tradicional fórmula do "casal 20", consagrada por Leila Cordeiro e Eliakim Araújo, e adota um outro esquema, o do "jornalista veterano e grisalho" fazendo par com a "jornalista jovem e bonita".

Não acredita? Então vejamos alguns exemplos:

Celso Freitas (58) e Ana Paula Padrão (46), no Jornal da Record

Joseval Peixoto (73) e Rachel Scheherazade (37), no SBT Brasil

William Waack (59) e Christiane Pelajo (40), no Jornal da Globo

Hermano Henning (66) e Analice Nicolau (34), no Jornal do SBT Manhã

Não satisfeita em apenas repetir a fórmula, a Bandeirantes colocou dois jornalistas mais velhos em vez de apenas um, com Ricardo Boechat (59), Joelmir Beting (75) e Ticiana Villas Boas (31), no Jornal da Band

Com esse tipo de composição nas bancadas, as emissoras de TV tentam aliar talento e experiência para formar um equilíbrio perfeito no que é mais precioso no jornalismo: a credibilidade.

Lembra de mais algum casal desse tipo? Comente.

Um comentário:

Talvez você se interesse por:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...