domingo, 13 de junho de 2010

Haja coração: a brincadeira que está indo longe demais

Desde a cerimônia de abertura da Copa do Mundo, os brasileiros puseram entre os assuntos mais comentados no Twitter o nome do narrador Galvão Bueno. Ou melhor, a expressão "cala boca Galvão". Empolgados com o espanto dos estrangeiros, que não entendiam do que se tratava a ordem para o locutor global falar menos nas transmissões esportivas, os twitteiros brasileiros começaram a espalhar boatos de que "cala boca Galvão" seria o nome de uma nova música de Lady Gaga.

Outra versão maluca e mais bem elaborada dizia que Galvão era o nome de uma espécie rara de pássaro, cujas penas eram retiradas para fazer fantasias de carnaval e, por isso, está em extinção. "Cala boca", nessa história, significaria em português um pedido de socorro e ajuda à espécie semelhante a um papagaio.

"GALVAO is a very rare bird in Brazil. CALA BOCA means SAVE, the brazilians are very sad because lots of GALVAOS die everyday."


As histórias malucas se espalharam rapidamente e até Paulo Coelho entrou na brincadeira, dizendo que o nome científico da ave Galvão é silentium Galvanus.

Então, num segundo momento, misturaram as duas anedotas: Lady Gaga teria gravado um single em defesa do papagaio galvaniano, cuja letra foi até postada no Vagalume. Os fãs de Gaga empolgaram-se e tentaram obter informações com os brasileiros, que as deram. Falsas, claro.

No Twitter, os usuários brasileiros riem daquela que é a "maior piada interna do mundo": todo um País rindo dos gringos que pensam que existe uma nova música de Lady Gaga chamada "Cala Boca Galvão", em prol de um pássaro tropical.

Tudo isso para manter o assunto na ordem do dia, e a ordem "cala boca Galvão" no topo dos assuntos mais comentados do mundo.

Em seguida, foi "criado" o Instituto Galvão e a campanha em defesa do pássaro atingiu proporções gigantescas.

Pelo menos, é o que os internautas brasileiros pensam.



Até um vídeo institucional, muito bem feito, foi preparado:



A bem da verdade, existe mais gente dando risada porque acha que enganou gringo do que efetivamente gringos que foram enganados.

Ao meu ver, a piada é rir dos brasileiros que riem pensando que estão enganando os gringos.

Para os estudiosos de antropologia, esse caso é um prato cheio para verificar até que ponto pode chegar uma piada, e também a aplicabilidade de dois aforismas:

1) a mentira tem perna curta
2) uma mentira contada mil vezes se torna verdade

O tempo dirá quais serão as consequências dessa grande mobilização.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

A volta da verdadeira Gabi

Estou realmente feliz com a volta de Marilia Gabriela como jornalista, entrevistadora e apresentadora na TV aberta, com o seu De Frente com Gabi no SBT a partir de domingo, logo após o Silvio Santos.


Parece que Gabi percebeu que o seu talento é entrevistando com uma inteligencia absurda e uma perspicácia para descobrir o que o entrevistado pensa sobre a vida ao seu redor.


Vai ser bom rever aquele "bate bola, jogo rápido", onde ela disparava sua metralhadora giratória com o convidado responder em pouquissimas palavras no final, acho isso uma forma bem especial de desvendar uma particularidade do entrevistado.


A primeira entrevista será com a Hebe Camargo, nada mais apropriado, vamos ver o que a loiruda vai revelar seus anseios sobre a sua doença e a volta as telinhas.


Gabi, te desejo boa sorte, que seu programa tenha sempre uma boa audiência, e que não precisa ser uma multiartista pra ser genial.

Talvez você se interesse por:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...