quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Pescaria

O amigo Thiago Leal publicou interessante texto em seu blog Altívago Nefelibata: um diálogo imaginário entre um pescador e um homem de negócios. Apesar de não ser uma idéia muito nova, por se tratar de uma comparação bastante conhecida entre a vida pacata e humilde de um e a vida tensa, agitada e cheia de especulações do outro, o texto é bem interessante.

Me faz lembrar aquelas famosas parábolas e pequenas histórias que trazem lições de produtividade e trabalho para empresas, liderança de grupos etc., como as que Alexandre Rangel contava na Rádio Bandeirantes e deram origem a livros do gênero.

Esse embate de valores e filosofias de vida foi resumido de forma perfeita pelo humorista Leon Eliachar, no livro O Homem ao Quadrado (– 1ª edição pela Editora Paulo de Azevedo, 1960. Licença editorial para o Círculo do Livro. – 4ª ed em 1976). A frase é repetida reiteradamente na internet, sem dar o devido crédito ao genial autor da pérola. Lá vai:

Um sujeito pobre é o que mora numa cabana, na beira do rio, e passa o dia pescando para viver. Um sujeito rico é o que vive o ano inteiro dentro de um escritório, para poder passar o final de semana numa cabana, na beira do rio, para pescar.
(Leon Eliachar)

Aí está, Thiago. Resumi o seu texto...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Talvez você se interesse por:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...